Propostas Nacionais

propostas

Olá!

Antes do texto, informo a vocês que não estou mais no trabalho que contei no último texto. Mas não se preocupem: não vou largar o blog por isso. Dentro do possível continuarei escrevendo. Fiquei triste, mas já estou melhor.Só escrevo agora porque ainda estou digerindo tudo o que aconteceu neste último mês, tanto na minha vida quanto na vida dos brasileiros…

………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….

Purpurina dá brilho, mas não esconde um objeto; pelo contrário, faz ele aparecer ainda mais. Organizaram vários eventos culturais mundiais no Brasil com o intuito de desviar dinheiro público. E as grandes estruturas desses eventos (estádios, estradas, obras em geral) mostraram que nosso país não é pobre, não, é riquíssimo. E através dessa observação que o gigante acordou: não é falta de verba, é a corrupção e a falta de boas administrações!

O povo saiu para protestar, convocado pelas redes sociais.Primeiramente, os estudantes que pediram queda no preço da passagem de ônibus. Sim, porque uma das maiores promessas dos políticos para 2014 era o de proporcionar transportes de primeiro mundo à população. E tudo o que conseguimos foi o aumento no preço da passagem e diminuição de frota dos ônibus. As autoridades, a polícia e a imprensa no início não entenderam tamanha rebeldia (aliás, parece não entender até agora).Achavam que se tratava de mais uma greve sindical qualquer. Coisa de quem não tem o que fazer. Trataram -todos- os manifestantes como bandidos. Depois, perceberam o desabafo do povo.De tanto que o pessoal reclamou, começaram a separar a mutidão em: manifestantes e vândalos.

Depois, a resposta do governo. Silêncio,Copa das Confederações. Então, ouvimos gritos ainda maiores. Com o mundo olhando o país, os protestos só aumentaram. E os desejos também. Saúde, educação, melhor salário mínimo, não à PEC  37, não à Cura Gay, enfim, tudo.Vivemos uma espécie de Ano-Novo, com muitos “pulos de ondinhas”, união e pedidos. Até os mais inusitados: governo militar(como em 64, acredite!), eliminação total dos partidos políticos, fechamento do Congresso Nacional. Então, notou se o problema da “falta de foco” e as reclamações: não foi um movimento organizado, não há líderes, os bandidos que aproveitam pra cometerem crimes durante os protestos.

As autoridades saíram do estado de inércia: reuniões entre os governos e administrações. Baixaram os preços das passagens, mas não conforme o desejo das multidões. O governo federal propôs planos de transporte e político, além de um plebiscito para reforma política do país. E as manifestações continuam, pois o futuro prometido ainda não aconteceu.

Agora eu pergunto, o que queremos para o Brasil?  Falam tanto em plesbiscito ou referendo (a tal da diferença entre o charme e o funk). E o Orçamento Participativo (Consulta Popular ou outros nomes)? Praticado, inicialmente em Porto Alegre, e depois noutras cidades e até no Estado do RS. A população local (bairro,ccidade,região) sugere como o governo deve aplicar a verba, quais obras são mais importantes, principais projetos. É bem verdade que para dar certo, é necessário que o governo cumpra com aquilo que o povo sugeriu(o que não é realizado em muitos lugares). Mas já que a Dilma não sabe o que perguntar (não sabe o que fazer,não sabe nada), então deverá ouvir a população por completo. Deixar nas mãos do povo, de verdade.

Anúncios

Boas Velhas

Bom, fiquei um tempão (tempão mesmo) sem escrever no blog. Um pouco, pelas minhas ocupações; outro pouco, pelo meu desânimo. Desânimo pela escassez de oportunidades.

Você aprende, aprende e sempre tem o que aprender. É da vida, já sei. Nós somos como anti-vírus de computador, todo dia temos que nos atualizar. Mas o mercado de trabalho quer um profissional pronto, ou pior, um estagiário pronto. Quer um aprendiz que já sabe tudo, esquizofrênico!Até recebi um email de uma pessoa do RH de uma empresa dizendo que não tinha vaga na sua enorme empresa, e que com o currículo que eu tenho eu nunca (descreveu meu destino) vou conseguir emprego uma empresa grande, e depois me deu algumas dicas de cursos(tá essa parte tudo bem).

As instituições públicas, responsáveis pela educação, cada dia mais irresponsáveis. Estudei, estudei e não passei nos concursos. E fui chamada de burra por isso. A forma que foram organizadas os concursos, isso ninguém deu bola. Sem falar da lambança dos contratos, alunos deixados de lado,etc. 

E a saúde, entre altos e baixos, pelo menos agora está tudo bem. Tratamentos frustrados que quase botaram minha saúde a perder. E decidi: vou me arriscar, cuidar de mim, sem perder aquilo que eu tenho de bom. 

Nada do que eu planejei foi dentro do esperado. Mas descobri e redescobri gostos, habilidades, pessoas.Se passei por tudo isso pra ter o que ru ganhei a pouco, valeu a pena.Desejo a todos um 2013 com boas novas e boas velhas a todos,pois o que é bom devemos tentar  conquistar e preservar!Imagem

Manual de boas maneiras literárias!

Curtiu ou Não Curtiu?

Livros.Curtiu ou Não Curtiu?

1)Leia o livro;
2)Pense sobre o que leu. O que achou da história? Ações e pensamentos dos narradores e personagens. Mensagens possíveis da obra;
3)Faça uma crítica sobre a obra, sua opinião a respeito;
4) Se gostou, indique o livro para os amigos e conhecidos. Se não gostou, não queime, rasgue ou jogue fora. Guarde-o, para depois provar para os amigos que o livro é ruim pra caramba mesmo;
5)Procure ler outros livros tão bons ou melhores que o último de leu. Não se limite, dê mais chance aos bons momentos.

Colorido Real e Digital

Oi! Quanto tempo não escrevo, de novo!

Nesse tempo algumas coisas diferentes aconteceram, e uma nova alternativa profissional surgiu. Estou fazendo curso de webdesign. Sim! Depois de perceber que adoro ficar perto da arte, resolvi entrar nela, ainda que de forma digital.

Sempre gostei de ver um mundo de forma mais colorida. Mas também quero “viver” de um jeito mais colorido ( Não falo  de opção sexual. Afinal, por que o arco-íris agora é de propriedade dos homossexuais, hein?) Adoro  serviço.Gosto de viver trabalhando, mas não gostaria de morrer trabalhando.

Aos poucos, farei mais modificações neste blog, sem deixar de comentar os assuntos dentro e fora do momento. Consequência do novo colorido real e digital que toma conta da minha vida.

Um abraço!

 

Acordei!Ai, que lindo!

Andei um tempão fora do blog, fechada para balanço. Mas agora, acordei! Não, não resolvi meus problemas, eles continuam os mesmos. Quem mudou foi eu! O negócio é aproveitar a vida e saber valorizar os momentos mais bestas e lindos!

http://wp.clicrbs.com.br/holofote/2012/06/17/virou-moda-jovem-tatua-nome-de-preta-gil-nas-costas/?topo=52,1,1,,186,e186

Virou moda? Jovem tatua nome de Preta Gil nas costas

Ai que lindo, cara!

 Que cena encantadora! Entrou na vida para entrar na história!

http://br.esportes.yahoo.com/blogs/redacao/carol-portaluppi-quer-apartamentos-para-n%C3%A3o-posar-nua-182024593.html

Carol Portaluppi quer apartamentos para não posar nua

Ai que lindo, cara!

Precisa de dois apartamentos pra obedecer o pai? Para obedecer o meu, eu não precisava ganhar nenhuma bala.

http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/policia/noticia/2012/06/universitarios-presos-destruindo-orelhao-em-passo-fundo-pedirao-desculpas-3793400.html

Universitários presos destruindo orelhão em Passo Fundo pedirão desculpas

Ai que lindo, cara!

Vocês tiveram muita força pra fazer isso(pra detonar o orelhão e pra pedir desculpas). Que gesto, sem palavras.

Novela: Concurso do Magistério do RS (mais um capítulo)

Vi na RBS justificarem  os 90% de reprovação pela queda na qualidade da educação. É, realmente!
Os alunos do Ensino Básico não têm boa educação.
Os alunos do Ensino Superior (professores) não têm ou tiveram boa educação.
Os que elaboraram as questões da prova objetiva não tiveram boa educação.
Os que elaboraram este concurso  não tiveram boa educação.
As autoridades que organizam a educação no Estado não tiveram boa educação.
Será que somos uma nação de jumentos? E agora?
Imagem,T

Dentro da Pasta

Imagem

Fiquei um tempão sem escrever. Pudera, estou na luta, outra vez, com a minha pasta na mão(veja meu texto antigo do blog sobre isso: https://blogdanielasimoes.wordpress.com/2010/05/30/pasta-na-mao/). As coisas não deram certo como eu esperava, mas nem por isso perdi a esperança. Sigo com minha “pastinha”, ainda colorida apesar de desgastada. 

O conteúdo da minha pasta é variado. Não sou a pessoa mais trabalhadora do mundo, porém ela não é vazia de experiências de trabalho. Minha carteira de trabalho está novinha, pois sempre encontrei o mais inusitado: lugares diferentes da habitual “firma”, horários malucos, colegas com hábitos e culturas diferentes. E em nenhum lugar trabalhei sem vontade, apenas por obrigação, digo com orgulho.

Sem contar as emoções que vivi, muitos desenhos de corações dos amigos e conhecidos que fiz onde passei. Se isso não enche meu currículo, pelo menos me enche de bons sentimentos. Quer conhecer o conteúdo da minha pasta? Abra!

Imagem