O Caminhoneiro Voltou!

Leia:

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2012/03/termina-greve-dos-caminhoneiros-em-sao-paulo-mas-ainda-falta-combustivel.html

Nós, humanos, somos um “bando de sem vergonha”. Muitas vezes, só valorizamos as coisas quando elas nos fazem falta. Vejam o caso dos caminhoneiros, por exemplo. Acusados de todos os problemas da sociedade brasileira, mas essenciais para o desenvolvimento do país.

Buracos nas estradas: tem autoridade que ainda se atreve a colocar a culpa nos caminhões; que prejudicam a pista, causam congestionamento, acidentes. Ora, se sabem que circulam veículos de grande carga, então por que não fazem obras decentes nas estradas? Alguns prefeitos tem a cara-de-pau de proibir a circulação de caminhões no centro do município pelo “bem da população” e  bom fluxo da cidade.Tudo bem que não dá para colocar certos caminhões para circular em ruas no tamanho de um beco, ou em viadutos de pouca altura por exemplo. Mas com proibições exageradas,prejudica -se o fluxo de produção e comércio da cidade. Lojas, mercados, bares, restaurantes, até hospitais e escolas necessitam de caminhões para transportar todo o tipo de coisa. A falta de combustíveis em São Paulo se deu pela falta de transporte. O povo só sentiu na hora de abastecer a gasolina.

Ah, caminhoneiros baderneiros! Oh! Agora, qualquer um que reclama do seu salário ou das suas condições de trabalho é marginal, notaram? Mas a greve parou tudo! Sim. Só que se observarmos bem, estamos num país de dias parados: falta mão-de-obra qualificada (educação); falta de atendimento nos postos de saúde e hospitais; cadeias lotadas e muitos bandidos soltos; obras que demoram séculos para serem concluídas; tecnologia lenta; desempregados sem chance porque os grandes empreendedores querem super-heróis (voluntários)  empregados nas suas empresas, ou melhor, desejam ganhar muito, e apostar e pagar pouco. Tudo isso, sem greve. Imagine a confusão quando há greve?

A greve dos caminhoneiros em São Paulo terminou, mas há um movimento da categoria para que haja uma paralização nacional. Para que não aconteça, vamos tratar o caminhoneiro com mais carinho e amor. Como diz a Sula Miranda numa música, depois dessa greve, “traz uma carga de saudade na chegada” !

Anúncios

Um pensamento sobre “O Caminhoneiro Voltou!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s