Meter a Colher

Não é bonito meter a colher, mas diante de tantas vidas, tantos problemas que escuto, como não me envolver? Não posso resolver tudo, nem pretendo chegar a tanto. Mas não aguento ver  tudo passar e acontecer sem fazer nada.

 Antes meter a colher que as mãos, que já vão sujas ao objetivo final e ficam ainda mais sujas depois. Muitas vezes me machuquei por tentar consertar ou salvar uma situação. Mas ajudar no que posso, isso não me nego, mesmo me ferindo depois.

Com a minha pasta na mão (outra vez), lá vou eu, nervosa; medrosa; ansiosa. Chata, enjoada, metida, idiota: melhor que hipócrita, falsa, indiferente, má. Beijos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s